quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Aprendendo...


"Antes eu pensava que se colocar em primeiro lugar era egoísmo. Hoje eu entendo o quanto o principal investimento tem que ser em nós mesmos. É através do nosso resgate, do nosso autoconhecimento, que adquirimos condições de não cair na armadilha da manipulação, da necessidade de ser aceito, amado, ou de simplesmente, usar o outro como foco para uma desesperada fuga de um encontro com quem somos ou estamos. Quando não nos cuidamos antes de qualquer espécie de “generosidade”, procuramos, inconsciente ou conscientemente, nosso próprio benefício, por mais que o mesmo, aparentemente, se estenda ao outro: sentimo-nos úteis, bons, nos sentimos, inclusive, superiores..."

Marla de Queiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário