quinta-feira, 21 de julho de 2011

Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!

 "Meus vincos, rugas, e cicatrizes, contam histórias do como eu fui e escrevem-me num tempo onde eu sou... É o passado quem tatua as digitais da vida... Erros e acertos... sinto-me irrevogalvemente insubstituível e única. Fui-me, sou-me, e isso a mim basta!"


Erikah Azevedo

2 comentários:

  1. Olá!
    Adoreeei o texto e a foto! Copiei pra mim.
    haoihaohaoiu

    ResponderExcluir
  2. O passado náo pode atrapalhar o futuro, abraço Lisette.

    ResponderExcluir