quinta-feira, 20 de agosto de 2009


“Se olharmos para o mar tempo suficiente, para os seus estados de espírito e furores, para as suas belezas e os seus terrores, teremos todas as histórias que quisermos - de amor e de perigo, e sobre aquilo que a vida deixa nas nossas redes. E percebemos que, às vezes, não é a nossa mão que controla o leme e não podemos fazer nada se não acreditarmos que tudo acabará por correr bem." (Jojo Moyes)

Um comentário:

  1. Acabamos por não ter controle das consequências de nossas ações...

    ResponderExcluir